A Vaca Louca e Seu Badalo
A Louca Vida no Campo
     fevereiro 24, 2004

A Rara Beleza 

 


Ouvi num dos famosos brainstorms que ocorrem volta-e-meia pela noite fora, no celeiro, que seria preciso incrementar as audiências desta página (acho que foi o Bode Respiratório). Bom, eu sublinho que não concordo. A partir do momento em que somos escravos das audiências pomos em perigo o puro prazer de manter uma página deste tipo.
Nessa altura surgiram ideias muito concretas sobre a forma como se atrairiam as atenções. Aliás, há fórmulas simples aplicadas ao cinema, à publicidade, quanto a quase todo o tipo de produtos, na televisão, imprensa, e nem vale a pena continuar a enumeração. O apelo à sensualidade (para não ir mais longe) é, pois, uma dessas fórmulas simples.

Foi aí que me lembrei de vir expôr uma ideia antiga sobre a forma como encaro a sensualidade. Comecei por fazer uma breve pesquisa na www (lamentavelmente o tempo não permite que se vá para além do breve...) e devo dizer que o resultado foi ter apanhado uma indisposição valente. Passo a explicar.


Pezinho%20Karina36.jpg


Tirando muito poucas excepções, das quais escolhi o exemplo de cima - já que não obtive autorização da Vaca Louca para expôr os seus lindos cascos - ao procurar imagens que ilustrassem o que quero dizer o resultado foi, como disse, um enjôo tremendo. Por várias razões. Mas... comecemos então pelo princípio: que quero eu dizer?
Vivo sob a impressão de que a verdadeira sensualidade feminina (a outra interessa-me muito pouco, peço perdão) se encontra precisamente nessa parte do corpo que nos separa do chão desde há muito tempo. Refiro-me, neste caso, unicamente ao que é físico, e é claro que o impulso do eros tem dimensões psicológicas, mas dessas não vou cuidar aqui. Os pés são, assim, uma parte do corpo tão ambígua quanto isto: são de molde a causar repulsa em casos extremos, num grau que não atinge paralelo noutras partes do corpo, mas, a par disso, quando são bonitos - casos raríssimos - têm o condão de provocar uma invasão erótica perante a qual é difícil alhearmo-nos. Corrijo: alhear-me.

Isto, apesar de não ser possível para mim, ao abordar este tema, deixar de ter em conta que este fetiche vai ganhando adeptos por esse mundo fora, com os consequentes desvios, taras, perspectivas mais ou menos doentias, ou aquilo a que chamo pura ordinarice. Mas isso já não me diz respeito.


plantado por Badalo @ 12:59 |

   
     


 

O Parzito
Ó Pra Nós

Tractor de Busca

A Parada

- Census -
Vou Assinalar Abaixo a Minha Idade:
De 4 a 6 anos.
De 7 a 10 anos.
De 11 a 15 anos.
Mais de 15 anos.

Sótão

  • Janeiro 2004
  • Fevereiro 2004
  • Março 2004
  • Abril 2004
  • Maio 2004
  • Junho 2004
  • Julho 2004
  • Agosto 2004
  • Setembro 2004
  • Outubro 2004
  • Novembro 2004
  • Dezembro 2004
  • Janeiro 2005
  • Fevereiro 2005
  • Março 2005
  • Abril 2005
  • Maio 2005
  • Junho 2005
  • Julho 2005
  • Agosto 2005
  • Setembro 2005
  • Outubro 2005
  • Novembro 2005
  • Janeiro 2006
  • Fevereiro 2006
  • Outubro 2006
  • Na Pocilga
    Diário da República I, II, e III séries

    No Celeiro
    Nove Amanhãs
    Isaac Asimov


    Weirdos From Another Planet
    Bill Waterson


    Sonetos
    Florbela Espanca

    Especialidades da Casa
    · bAtAtAs FrItAs
    · Fata Morgana
    · Luz & Sombra
    · Novos Vôos
    · Os Dias da Música
    · Robina

    Poços de Cultura
    · A Causa foi Modificada
    · A Origem do Amor
    · Aviz
    · Barnabé
    · Blog de Esquerda II
    · Contra a Corrente
    · Ene Coisas
    · Exacto

    Fontes de Lazer
    · A Funda São
    · Abstracto Concreto
    · Blogue dos Marretas
    · Carapau de Corrida
    · Catwalk
    · Cruxices
    · Espuma dos Dias
    · Farinha Amparo
    · Gato Fedorento
    · Gotinha
    · Há VidemMarkl
    · Just a Kiss?
    · Miss Vitriolica
    · Mas Isto...?
    · His Guide To Our Galaxy
    · Núcleo Duro
    · Psicotapa
    · Quinta dos Animais
    · Sem Pénis, Nem Inveja
    · The English Manager
    · The Old Man
    · Triciclo Feliz
    · Webcedário

    Pastagens Frescas
    · 100 Tretas
    · 3Tesas Não Pagam Dívidas
    · Baby lónia
    · Blimunda
    · Blogopédia
    · Diário de Um Pêlo Púbico
    · Dúvidas Dúbias
    · O Blog do Bidé
    · O Diário de Conchita
    · O Meu País Azul
    · O Vizinho
    · Pé de Meia
    · Porca de Vida
    · R por Minuto
    · Too Much
    · Yulunga
    · You’ve Got Mail

    Planícies de Aluvião
    · Bimba Ininteligível
    · Fachadas Perversas
    · Guerra dos Sexos
    · Horizonte Quase Perdido
    · Pobre Menina Rica
    · Porquinho da Índia

    Caixa de Areia
    · Construir
    · Ginástica Digital
    · Imberbe
    · Mystery of Time&Space
    · Mixturar
    · Pérolas a Porcos

    Baú
    · 10.ª Arte
    · Arte?
    · Crítica
    · Emily
    · Inépcia
    · Leituras
    · Hi Tech
    · La Fura
    · O Culpado
    · Subterrâneo

    Alfaias
    · Animados
    · Cinemas
    · Cores
    · Dicionário
    · Dictionary
    · Escola
    · Estáticos
    · Estáticos II
    · Farmácias
    · Index

    Escreva-nos

    Site Meter

    Design by
    ButchyWaffers.com

    Powered by
    Blogger

    Powered by Blogger

    Weblog Commenting by HaloScan.com


    Free polls from Pollhost.com
       


     

    ______________


    ______________


       

    ______________


       

    ______________


       

    ______________


       

    ______________


       

    ______________